Prepare-se para o Natal

Prepare-se para vender mais no Natal e Ano Novo.

Claro que você já deve ter tomado todas as providências necessárias para aproveitar a melhor época do ano para vender. Mas lembre-se sempre de não descuidar dos detalhes. Nós sugerimos algumas soluções bem viáveis, que vão ajudá-lo muito.

 

Prepare seus estoques, deixe tudo sempre o mais organizado possível, mantenha em seu caixa os produtos de oportunidade sempre visíveis, atenda bem e seja rápido. Esse é um momento em que toda a sua estrutura precisa estar de acordo com o fluxo de pessoas que querem ser atendidos por você.

 

Aproveite essa oportunidade para fidelizar. Crie cadastros, ofereça cupons de desconto para que haja retorno a loja, oriente a equipe a instigas or compradores a tornarem-se clientes e voltarem sempre.

 

Antes de encerrar as festas ofereça pacotes de produtos. Mostre ao cliente o quanto sua empresa se preocupa em oferecer produtos de qualidade com bons preços e esvazie logo os seus estoques para que antes do fim do ano você já possa pensar em repô-lo.

 

Aproveite os cadastros já feitos para fazer o seu marketing. Esse é um momento em que as pessoas estão interessadas em comprar, em pesquisar e adquirir vantagens. Mostre que você tem tudo isso, envie emails, sms e todos os outros recursos que achar convenientes, mas sem incomodar, não exagere.

 

E em tudo isso, no que depender da Prol, para seus checkouts, móveis, estantes, armários e outras soluções, pode contar, seu fim de ano será incrível.

 

Fonte:  Makro

Algumas dicas para você escolher qual o melhor ponto comercial para sua empresa.

Dicas para escolher o local e valorizar seu ponto comercial

Criar uma nova empresa não é fácil, escolher onde ela deve se estabelecer também pode ser um martírio. Mas separamos aqui algumas sugestões que podem ajudá-lo não só nesse momento, mas também na sua permanência no mesmo espaço.

 

O mais importante é procurar, procurar e procurar. Para saber o que procurar, leve em consideração:

 

- O mercado próximo:

 

Faça uma pesquisa e analise se esse negócio vai fazer a diferença na vida das pessoas próximas a ele. Entenda o que ocorre nas proximidades, como é o acesso ao transporte, como pode funcionar o estacionamento nesse local também. Visualize a atuação dos concorrentes ali, como eles atuam e como funciona a competitividade.E também, descubra se os seus preços são condizentes com a realidade local.

 

- O espaço:

 

Tenha em mente exatamente qual o tamanho adequado para todas as suas prateleiras, para o seu espaço administrativo e tudo mais. Evite excessos ou sobras. Verifique também a conservação do local, do espaço construído, para saber se não vai ter gastos acima do previsto com reformas. Preocupe-se também com questões naturais como excessos de sol, abastecimento de água, funcionamento do esgoto e escoamento de água de chuva.

 

Depois de escolhidos vários pontos que possam atender a esses critérios, é hora de enumerar os pros e contras de cada um deles.

 

Na hora de se estabelecer lembre de escolher bem sua equipe, seus produtos e também, todos os seus móveis, para que eles atendam não só ao público externo, mas ao interno também. Para isso, conte com a Prol.

 

Fonte: Guia do Empreendedor/Makro

Vantagens de construir em aço vantagens construir em aço

As vantagens de construir com aço.

Utilizar o aço como uma das matérias-primas básicas da construção é uma das melhores alternativas da atualidade. Os motivos são variados. Vamos apresentar aqui apenas alguns deles, os outros, você pode conferir com a nossa equipe da Prol.

 
Velocidade e economia: A logística é planejada e por isso, é simplificada. As peças são precisas, encaixando-se perfeitamente, sem precisar estar no local da construção para serem montadas. Evitando atrasos.

 
Padronização: Os processos de produção são totalmente industrializados, sendo executados apenas por profissionais capacitados, garantindo a padronagem sempre idêntica, tornando os prazos e custos mais precisos.

 
Leveza na estrutura e agilidade no transporte: Sua estrutura leve permite a facilidade e praticidade de manuseio em todas as fases do processo, inclusive no transporte e montagem.
Mão de obra qualificada: A exigência operacional da mão de obra exige que os profissionais sejam selecionados e treinados, o que implica em melhores resultados também.

 
Baixa variabilidade: A precisão em todas as fases do trabalho com as estruturas de aço evitam perdas, facilitam o planejamento e evitam os erros de cálculos.

 

Alta flexibilidade: O aço permite maior flexibilidade na mudança dos projetos, nas adaptações, evitando ainda as perdas de material, também permitem melhor reforço do que as estruturas de concreto. Até mesmo os vãos e furos podem ter soluções mais práticas e objetivas do que em outras estruturas.
Montagem bem resolvida esteticamente: O aço pode contribuir para o projeto arquitetônico, permitindo um diversas possibilidades geométricas.

 

Resistência: 50 anos, é o tempo normal de vida útil projetado para uma estrutura de aço. Assim ele permanece livre de ataques corrosivos e mantendo sua integridade, desde que utilizada corretamente.

 

Outros fatores como o respeito ao meio ambiente e a resistência ao incêndio são apenas alguns dos detalhes que fazem a diferença na escolha do aço para construção.

 

Fonte: Setor Vidreiro

Sucata de aço tipo Exportação

Sucata de aço nacional tipo exportação.

A sucata de aço é originada da sucata interna ou de retorno, gerada da usina siderúrgica, durante o processo de fabricação de variados tipos de aço. E a exportação desse tipo de material disparou 49% este ano, correspondente ao mesmo período do ano passado. Existe também a sucata doméstica advinda de amortecedores e latas de spray, botijões, cilindros e extintores, transformadores e capacitores e outros.

 

Por causa da retração da economia e do setor industrial, desde julho as siderúrgicas não estão comprando sucata para produção de aço, levando as empresas de sucata a exportar. Essa redução na procura por sucata no mercado interno acontece por causa da diminuição da produtividade no ramo da indústria automotiva e da construção civil.

 

A coleta, transporte, seleção, preparação e comercialização de materiais metálicos recicláveis dão destinação ambiental correta para esses materiais, prolongando a vida útil dos aterros sanitários e das reservas minerais, proporcionando redução no consumo de energia elétrica e de recursos hídricos. Reduz ainda a poluição do ar, eliminando os impactos decorrentes da atividade de mineração.

 

A expectativa é que a crise o comércio de sucata ferrosa permaneça, mas permanece também o interesse em utilizar o ferro e, consequentemente, o aço, de forma consciente, com o mínimo de agressão e o máximo de respeito pelo social.

 

Fonte: Exame