Verão - Isotônico Aumento de 20% isotonico dados

Verão – Bebida Isotônica aumento médio de 20%.

Confira como ganhar mais com a categoria durante a estação.

Aumento médio em reais no verão 18%
Venda média mensal no verão 32.9 milhões
Venda média mensal no restante do ano 27.8 milhões
Venda adicional mensal no verão 5 milhões
Aumento total nos três meses de verão 15.4 milhões
Venda total anual no autosserviço alimentar 348.9 milhões

 

Exposição recomendada

  • Expor as bebidas isotônicas com água de coco, água mineral, suco de frutas e refrigerantes
  • Ter exposição secundária no setor de produtos diet e light e de suplementos nutricionais
  • Intercalar as cores das embalagens para que os consumidores visualizem todos os sabores disponíveis
  • Colocar os lançamentos junto aos sabores mais vendidos
  • Oferecer isotônicos gelados, para os clientes interessados no consumo imediato

 

Fonte: Supermercado Moderno

17-12 Matéria - BLOG  - banner

4 dicas para manter os funcionários produtivos no final do ano.

Chegou dezembro. Com ele, vem o clima de festa. Afinal, o mês traz Natal, Ano-Novo e, para algumas empresas, dias de recesso. Com isso, a produtividade pode cair.

 

Só que os chefes normalmente mantêm o ritmo de trabalho. No mínimo, eles devem entregar resultados melhores que os de dezembro do ano passado. Além disso, os números do mês podem ser importantes para as metas anuais. Mas nem sempre os funcionários se sensibilizam com as metas de seus gestores, que tem que trabalhar para mantê-los motivados e produtivos.

 

Uma reportagem, publicada originalmente na "Entrepreneur", listou dicas para empreendedores manterem a equipe trabalhando até o último dia útil do ano:

 

1. Sem resoluções de ano novo
É comum ver pessoas fazendo resoluções de ano novo, planos que serão postos em prática em janeiro. O problema é que eles enfraquecem conforme os dias passam. Para as coisas darem certo, deve-se ter disciplina a todo o momento. Se sua empresa não teve um 2015 inesquecível, não pense somente em 2016 – trabalhe para que sua percepção deste ano melhore um pouco. E passe essa percepção para os funcionários.

 

 

2. Esqueça os projetos gigantes

 

A falta de resoluções de ano novo não necessariamente significa que patrões devam começar grandes projetos, desses que levam meses para ficar prontos, em dezembro. Em empreitadas do tipo, parceiros externos são necessários e eles podem estar desacelerando e esperando as festas. Foque no trabalho cotidiano e em projetos de curta duração.

 

 

3. Que tal um agrado?

 

Não será só com palavras bonitas que sua empresa manterá o foco. Tente dar algum incentivo material à equipe. Se o caixa não estiver indo bem, faça algo menos caro, mas também eficaz, como marcar uma confraternização em um bar e pagar algumas rodadas de bebida para os funcionários. Tente agradá-los. Afinal, nenhum gestor bate metas sozinho.

 

 

4. Não pare de usar indicadores

 

O último item é o mais centralizador de todos, mas pode ser eficaz. É comum que empresas usem indicadores de desempenho, baseados nas entregas da equipe, para ver se o time está trabalhando normalmente.

 

 

A reportagem afirma que o empreendedor não deve se esquecer deles e, caso o desempenho esteja ruim, conversar com os funcionários, ver qual é o problema e orientá-los a manter o mesmo ritmo dos outros meses do ano.

 

Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios

03-12 Black Friday -blog info-black-friday-final_560

As marcas campeãs da Black Friday 2015.

A edição 2015 da Black Friday movimentou R$ 1,6 bilhão em vendas online na sexta-feira 27, de acordo com informações da Ebit/Buscapé. A quantia representa um crescimento de 38% em relação à data comercial no ano anterior, quando ficou em R$ 1,16 bilhão.

 

Ao todo, 1,64 milhão de pessoas realizaram ao menos uma compra ao longo das 24 horas da Black Friday 2015. O número de pedidos subiu 24% e chegou aos 2,77 milhões – o que representa um tíquete médio de R$ 580, 11% superior ao registrado em 2014. As compras feitas via smartphone representaram 11% dos pedidos (311 mil) e 9% do desembolso dos consumidores (R$ 140 milhões).

 

A Torabit, empresa de monitoramento e mensuração em redes sociais, realizou um levantamento exclusivo para o Meio & Mensagem. O objetivo era avaliar as menções às marcas tanto em relação ao sentimento das pessoas quanto às ações de engajamento nas postagens sobre o Black Friday. Foram analisados os dados de 13 a 27 de novembro.

 

No ranking das quinze marcas mais comentadas e que tiveram maior engajamento em suas respectivas postagens sobre o evento (os percentuais refletem a soma das ações de engajamento somadas às menções espontâneas), destaque para a Saraiva, que ocupou o primeiro lugar, seguido da Netshoes, Magazine Luiza, Dafiti e O Boticário.

 

Confira abaixo o infográfico com o ranking das marcas, as categorias mais mencionadas, os perfis com maior alcance e a análise geral de sentimento do consumidor em relação à data promocional.

 

info-black-friday-final_560

 

Fonte: Meio e Mensagem