Decoração-organização -com-estantes-de-aço estantes-de-aço-na-decoraçãoEstantes de Aço na Decoração 1Cores Prolestantes-de-aço-na-decoração-2estantes-de-aço-na-decoração-4promoção Estantes Prol

Estantes de Aço para Decorar e Organizar a Casa.

Alguns sempre acharam as estantes de aço inadequadas ou feias fora do ambiente escritório e de modo algum imaginaram que elas poderiam favorecer na disposição de outros cômodos, decorando com estilo.

 

Agora temos certeza que você vai pensar de outra maneira!

 

A verdade é que as estantes de aço finalmente deixaram os escritórios e passaram a ser parte da decoração de todos os cômodos da casa – sem falar que aqui na Prol você encontra modelos coloridos, exclusivamente desenvolvidos para quem pretende decorar a casa com elas!

 

Estantes de Aço na Decoração 1

 

São mais de 20 opções de cores e você ainda pode variar entre elas para a peça ficar totalmente do seu jeito.

 

Cores Prol



OBS: as cores lisas e texturizadas só podem ser vistas diretamente no produto ou solicitando nosso catálogo de produtos.

 

 

As estantes são baratas, leves e excelentes para estocar livros, revistas, itens decorativos e até louças!

 

 

estantes-de-aço-na-decoração-2

 

 

As estantes de aço têm aparecido tanto em escritórios quanto em salas, cozinhas, quartos, corredores, closets e até no banheiro! É uma escolha excelente para as pessoas que curtem decorações modernas com um toque de estilo industrial!

 

estantes-de-aço-na-decoração

 

Entenda as estantes de aço por cômodo, funções e necessidades:

 

– No quarto


A estante de aço pode aparecer na mesma função de uma estante de madeira, guardando livros, objetos pessoais ou, dependendo da altura da prateleira, servindo como rack para a televisão. Para os mais ousados também dá para usar a estante de aço como guarda-roupa.

 

 

– Na sala


Estantes de aço podem servir para você exibir sua incrível coleção de filmes para os amigos na sala de estar ou mesmo para guardar itens de decoração, como os comprados em viagem, presentes e porta-retratos.

 

– Na cozinha


Se você não tem espaço ou não pretende gastar com armários de cozinha, estantes de aço podem te servir como despensa, deixando sempre a mostra os mantimentos disponíveis. Também é possível guardar louças como pratos, copos e xícaras, inovando na decoração.

 

– No banheiro


Para deixar toalhas e produtos de higiene sempre à mão é possível utilizar de estantes de aço no banheiro, saindo dos óbvios armários embaixo da pia ou com espelho. Nesse caso, entretanto, é importante escolher uma estante de aço inoxidável ou mais resistente por causa da umidade do ambiente.

 

 

Estante de aço tem tudo para ser o seu próximo passo na inovação da decoração. Escolha uma estante que tenha a ver com o espaço disponível e com o uso previsto, capriche nas cores e incorpore esse item à sua casa.

 

 

E pra fechar com chave de ouro, temos uma notícia especial para você, a Prol está com promoção em estantes até 31 de março. Vale conferir a melhor qualidade com o melhor custo benefício e preço justo que só a Prol tem!

 

promoção Estantes Prol



Estante de Aço Modular 6 Prateleiras -Aproveite também até 30% de desconto na compra de armário, roupeiro ou arquivo (pagamentos à vista).


*Promoção válida até dia 31 de março ou enquanto durar o estoque.

 

Solicite um orçamento agora mesmo através do telefone: (65) 3625-2500 ou do site: http://prolmoveis.com.br/fale-conosco/

 

 

 

 

Fontes: Casinha Arrumada, Blog Decoração.Biz

Prol Blog_Lojas de vizinhanças Gondola linha compacta_Descrição_ProlGondola linha compacta_ProlGôndola Rack Prime e Passo 40

Lojas de vizinhança ganham espaço.

Os consumidores latino-americanos estão gastando mais em suas compras e frequentando menos os pontos de venda.

Esta é a conclusão a que chegou o estudo Shopper & Retail Dynamics Latam, da Kantar Worldpanel, envolvendo 41.000 domicílios em dez países, entre eles, o Brasil. De acordo com o levantamento, a América Latina apresentou o maior crescimento em valor de compras (12,2%), entre janeiro a junho de 2015, superando Ásia (4,1%) e Europa (0,5%).
 
Embora os gastos sejam maiores, 60% dos países da América Latina registraram redução na frequência de compra, movimento que se mostrou mais evidente na Venezuela (- 8%), Brasil (-7%) e Bolívia (-6%). “Menos idas aos pontos de venda resultam em menos canais visitados”, afirma Flávia Amado, gerente de Shopper & Retail Latam.
 
O que o cenário de mudanças mostra é que os consumidores latino-americanos buscam cada vez mais lojas de vizinhança, as preferidas de 68% dos latinos que optam por fazer suas compras perto de casa e valorizam a manutenção de uma relação estreita com o vendedor.
 
“Uma das principais vantagens do pequeno e do médio varejo neste momento econômico é o relacionamento que permite em muitos casos que o gerente chame o cliente pelo nome, como nos antigos mercadinhos”, afirma Ana Vecchi, sócia da Vecchi Ancona Inteligência Estratégica.

“Soma-se a isso a capacidade de tomar decisões mais rápidas que atendam à demanda da clientela que está com o bolso mais apertado”.
 
Agilidade e uma relação de proximidade que vai do caixa ao gerente é, na visão do empresário Ricardo Antunes, segunda geração no comando do Supermercado Antunes, com quatro unidades no interior de São Paulo, um dos principais trunfos da casa em relação às grandes redes.
 
Foi ouvindo o cliente, trocando informações na boca do caixa, que o Antunes adotou o ciclo semanal de ofertas, compôs seu mix de produtos com marcas top e outras com preços médios.
 
O conhecimento profundo do hábito de consumo do seu público ajudou a rede a abastecer as prateleiras de acordo com as necessidades e o perfil de cada uma das unidades distribuídas pelas cidades de Catanduva e Novo Horizonte. “Com isso, conseguimos enfrentar a instabilidade econômica com menos impacto”, afirma. O tíquete médio baixou de R$ 75 em janeiro de 2015 para R$ 62 em janeiro deste ano. Com um faturamento de R$ 115 milhões em 2015, o Antunes responde por 20% do segmento local de supermercados, que conta com redes do porte do WalMart, Extra e Carrefour.
 
A boa exposição e organização dos produtos é fundamental para atrair ainda mais o público que mesmo estando em uma loja de vizinhança, exige qualidade, praticidade e layout agradável.

A Prol possui vários produtos de exposição, com qualidade superior e que encaixam perfeitamente para este perfil de pequenos negócios:

Gondola linha compacta_Descrição_Prol
 
Gondola linha compacta_Prol
 
Gôndola Rack Prime e Passo 40



Solicite orçamento detalhado e mais informações sobre produtos de exposição da Prol aqui: http://prolmoveis.com.br/fale-conosco
 
O aumento da penetração no mercado das pequenas e médias redes e a busca pelo varejo de vizinhança não é um fenômeno exclusivo do Brasil e nem mesmo reflexo da crise econômica. “Começou com a descentralização da economia do eixo Rio-São Paulo, a falta de mobilidade e de espaços nas grandes cidades para a construção de hipermercados, além da interiorização da economia”, observa o consultor Olegário Araújo, diretor da Inteligência de Varejo.

“É o que tem levado gigantes do mercado, como Pão de Açúcar e Carrefour, a buscar expansão por meio de um formato de loja menor, que atue em um raio mais restrito”, aponta.
 
A presença de multinacionais do setor, só aumenta o desafio dos pequenos e médios varejistas com foco no mercado de vizinhança. “Quem não compra bem, não vende bem”, adverte Eduardo Terra, presidente da Sociedade Brasileira de Varejo de Consumo (SBVC). “As pequenas e médias lojas trabalham duro para garantir escala, ingrediente que sobra para as grandes operações, mesmo quando operam com formatos menores”, diz.
 
A saída encontrada por muitos tem sido o associativismo, as cooperativas, as centrais de compra. Para Terra, tendem a crescer aqueles que se profissionalizaram nos últimos anos.
 
Na opinião do consultor Alexandre Van Beeck, sócio diretor da GS&MD, há desafios para os dois lados. “As pequenas e médias redes terão de buscar mais eficiência e negociar melhor suas compras para garantir margens consistentes, enquanto as grandes bandeiras terão de trabalhar para traduzir as características de uma loja de bairro mesmo funcionando como uma gigante do setor, com decisões mais lentas e menos pontuais”, avalia.
 
 
Fonte: Valor Econômico

dicas varejo de moda Fatores-chaves de Sucesso no Varejo de Moda

Dez dicas do Sebrae para o Varejo da Moda.

1 – Fast Fashion

O mundo da moda pode ser bastante lucrativo, porém é também muito dinâmico. Um dos bons meios para consolidar o seu negócio é abrindo uma Fast Fashion. Elas seguem as tendências e com seus preços baixos são passíveis de conseguir uma boa clientela. Confira essa dica no vídeo abaixo:

 

 

2 – Vantagens e Desvantagens do Fast Fashion

Fast Fashion pode sim ser lucrativo para o seu negócio. Mas, assim como em qualquer empresa, existem vantagens e desvantagens. Neste segundo episódio da série 10 Dicas, você conhecerá quais são elas e aprenderá a tirar o melhor proveito possível de todas as vantagens.
 

 
 

3 – Conheça o Cliente

Uma loja Fast Fashion está sempre renovando suas coleções de roupas. Para que na renovação as coisas caminhem bem, é necessário que o dono do negócio conheça bem o seu cliente e a moda atual. Confira no terceiro episódio do 10 dicas do Varejo da Moda

 

 
4 – Estreite o Relacionamento com o Fornecedor

Confira no vídeo abaixo dicas sobre a importância do estreitamento de bons fornecedores para obter uma boa gestão de estoque, considerando qualidade, preço e prazo:

 

 
5 – Ofereça Serviços Diferenciados

Nesse vídeo você verá a importância de oferecer serviços diferenciados para seu cliente e conseguir, assim, inovar e fazer com que seu pequeno negócio cresça. Exemplos de serviços são o de customização de peças e Personal Stylist. Confira:

 

 
6 – Marketing

Para atrair clientes, não basta abrir as portas e esperar que eles cheguem. Assista ao sexto episódio das 10 Dicas para o Varejo da Moda e entenda como técnicas de marketing podem aumentar as suas vendas e fidelizar o seu público.

 

 

7 – Visual Merchandising

O Marketing sensorial trabalha com os 5 sentidos e, dentre eles, a visão é o que causa mais impacto na memória. Por essas e outras, é sempre muito importante prestar atenção no Visual Merchandising. Confira o vídeo:

 

 
8 – Vitrine

A vitrine é a melhor chance que você tem de atrair novos clientes que passam em frente à sua loja. Por isso, é bom mantê-la sempre atualizada e com produtos que chamem bastante a atenção. Assista ao 8º episódio da série 10 Dicas para o Varejo da Moda e aumente suas vendas.

 

 

9 – Nichos da Moda

Clientes com um mesmo perfil de consumo são agrupados em nichos. Por isso é tão importante para o empresário conhecer o gosto, o comportamento e o estilo do freguês. Confira a dica:

 

 
10 – Mix de moda

Aprenda a organizar os seus produtos em grupos de afinidade. Com um bom mix, vai ser mais fácil convencer os clientes indecisos e estimular a compra por impulso. Assista ao último episódio de 10 Dicas para o Varejo da Moda e descubra como vender mais.

 

 

Confira ainda um Estudo do Sebrae que revelou os dez fatores mais críticos para obtenção de sucesso em um varejo de moda:
 
Fatores-chaves de Sucesso no Varejo de Moda
 

Fonte: Sebrae