Venda mais no verão agua-veraoCerveja Verãocha_pronto_verãoenergetico_verãoprotetor_solar_verãoiogurte_verãosorvete_verãosuco_concentrado_verãosuco-pronto_verãoRuptura coloração cabelo

3,7 bilhões de reais de vendas a mais no verão.

As categorias sazonais sempre prometem vendas quentes e o verão é uma das estações que mais trazem oportunidades para os supermercadistas aumentarem as vendas. São muitos os produtos cuja procura sobe no período.

 

28 Categorias merecem tratamento privilegiado no PDV. Juntas, geram R$ 3,7 bilhões de aumento de vendas no verão.

* Dezembro 2015, janeiro e fevereiro de 2016 ** Esse valor corresponderá a 41% do faturamento gerado pelas mesmas categorias nos outros nove meses do ano.

 

Dessas 28 categorias, veja a contribuição de 10 para esse desempenho:

 
- Água Mineral (cresce 28% no verão)

 
agua-verao

 
Exposição recomendada: Além de alocar a cada segmento (com e sem gás) e a cada tamanho de embalagem espaço compatível com sua respectiva participação nas vendas, é recomendável usar e abusar de pontos extras para destacar promoções e ofertas.

A idade média do shopper é 44 anos. Ele se abastece de água mineral a cada 8 dias em média.

 

- Cervejas (Verão gera R$ 1,5 bi a mais em vendas)

 
Cerveja Verão
 
Exposição recomendada: Abrir a exposição no sentido do fluxo de tráfego de consumidores com as cervejas especiais para dar a ideia de variedade e estimular a compra por impulso dos itens mais rentáveis.

 

Na sequência, destacar as versões premium com mais espaço. Essa ação se justifica por dois motivos: são versões que mais crescem na categoria e você precisa incluir novos SKUs e marcas.

 

Facilite a compra:

  • Agrupar as marcas nas prateleiras com seus SKUs junto
  • Posicionar as latas nas prateleiras superiores
  • Expor as garrafas e packs no meio da gôndola
  • Alojar as garrafas de 600 ml, 1 litro e barril nas prateleiras inferiores
  • Expor em geladeiras e pontos extras próximo ao açougue

 

- Chá Pronto (Consumo aumenta 15% no verão)

 
cha_pronto_verão

 
Exposição Recomendada: Uma excelente forma de incentivar a compra de chá pronto é expor perto de alimentos e bebidas com apelo à saudabilidade.

 

- Ruptura de coloração de cabelo (Atinge 12% no verão)

 
Ruptura coloração cabelo
 
Exposição recomendada:

 

  • Localizar a categoria próximo a itens de cuidados com os cabelos.
  • Segmentar a exposição em tinturas permanentes, semipermanentes e descolorantes.
  • Organizar as nuances por ordem numérica crescente, indo da esquerda para a direita.
  • Destacar as nuances especiais no topo da gôndola.

 

- Bebida energética (Vende 43% mais no verão)

 
energetico_verão
 

Exposição recomendada:

 

  • Localizar as bebidas energéticas no setor de bebidas. Segmentar a exposição por marca, porque esse é um dos fatores mais importantes na decisão de compra.
  • Iniciar a exposição no sentido do tráfego de consumidores com a marca líder posicionada na altura dos olhos.
  • Expor as versões obedecendo a seus preços de vendas por ordem decrescente. Isso quer dizer que é preciso colocar primeiro os packs de maior valor, seguidos pelas embalagens de 355 ml e estas pelas de 250 ml.

 

Cross merchandising: Para estimular mais as vendas, mantenha bebidas energéticas nos checkouts e também junto da vodca e uísque. Não se esqueça de oferecê-las geladas.

 

- Protetor Solar (Venda mais que dobra no verão)
 
protetor_solar_verão
 

Exposição recomendada:

 

  • Localizar a categoria próximo a hidratantes corporais.
  • Agrupar os produtos por marca.
  • Organizar o bloco de cada marca por segmento: protetor solar regular, facial, labial, sport, spray, kids, pós-sol e bronzeadores.
  • Expor na altura dos olhos os segmentos e linhas de maior valor agregado (facial, sport, spray e kids).
  • Agrupar os protetores solares no sentido do fluxo de consumidores, começando pelo maior fator de proteção e terminando pelo menor.
  • Dedicar a parte inferior da gôndola às linhas regulares mais procuradas (geradoras de tráfego).

 

- Iogurte (Alta de R$ 202 mi em vendas no verão)

 
iogurte_verão
 

O shopper de iogurte chega à loja com tudo definido previamente: ocasião de consumo, embalagem, versão e sabor. Só por último, dentro da loja, ele passa a considerar preço e marca.

 

- Sorvetes (Crescimento de 56% durante o verão)
 
sorvete_verão
 

Ações para estimular a compra:

 

  • Localizar o freezer em local bem visível e próximo aos setores de doces, guloseimas e também junto aos checkouts.
  • Ambientar o local de modo a tornar a experiência de compra do shopper mais prazerosa, utilizando posters e outros recursos.
  • Destacar embalagens para consumo em casa, como potes e tortas, além de multipacks com vários picolés.
  • Comunicar, dentro e fora da loja, as promoções e novidades em sorvete, usando tabloides, cartazes, sistema de som ou mesmo mídias regionais.

 

Exposições casadas: Facilite para o shopper de sorvete e aumente o valor do tíquete médio mantendo junto ao freezer produtos complementares como:

 

  • coberturas
  • caldas
  • bolos industrializados
  • petit gateau
  • pegadores de sorvete
  • utensílios para servir sorvete

 

O shopper de sorvete

 

  • Mais da metade é do sexo feminino, com idade entre 30 e 49 anos pertencente à classe B.
  • Normalmente não planeja a compra.
  • Quando decide levar para casa considera, antes de tudo, a marca e o sabor preferidos por seus familiares, só depois pensa em preço.
  • A cada ano ele compra mais sorvete, como demonstra a evolução do consumo per capita.

 

- Suco Concentrado (Mix correto ajuda a vender mais)
 
suco_concentrado_verão
 

Exposição recomendada:

 

  • Blocar os sucos concentrados por marca na vertical.
  • Agrupar os sabores de cada marca na horizontal.
  • Na direção do fluxo de consumidores, organizar os produtos começando pelos de maior preço e terminando pelo mais em conta.

 

Sortimento ideal:

 

  • 1 a 4 checkouts: 3 sabores de 500 ml
  • 5 a 9 checkouts: 4 sabores de 500 ml
  • 10 a 19 checkouts: 5 sabores de 500 ml
  • Acima de 20 checkouts: todos os sabores

 

- Suco Pronto (86 mi a mais em vendas no verão)
 
suco-pronto_verão
 

Exposição recomendada:

 

  • Agrupar os sucos prontos por marca na vertical.
  • Dentro de cada marca, blocar as versões por sabor.
  • Na direção do fluxo de consumidores, começar a exposição pelos produtos de maior preço.

 

Sortimento ideal

 

O shopper adquire em média duas embalagens de 1 litro e 3 de 200 ml em cada uma das 3 compras que realiza por mês.

 

  • 1 a 4 checkouts: 4 sabores de 200 ml e 4 de 100 ml
  • 5 a 9 checkouts: 6 sabores de 200 ml e 6 de 100 ml
  • 10 a 19 checkouts: 8 sabores de 200 ml e 8 de 100 ml
  • Acima de 20 checkouts: linha completa

 

 

Fonte: Supermercado Moderno

Conheça o Cartão Reforma gondola-prime-linha-class-descricaogondola-rack-prime-e-passo-40acessorios-para-gondolasacessorios-para-gondolas_parte-2

Conheça o novo programa do governo – Cartão Reforma.

Foi lançado recentemente (09/11) pelo presidente Michel Temer o Cartão Reforma, programa que concederá créditos de em média R$ 5 mil para que famílias cuja renda máxima seja de R$ 1.800 mensais possam comprar material de construção e reformar suas casas.

 

Estão previstos R$ 500 milhões para o programa. A meta é atender até 100 mil famílias em 2017.

 

Após ser publicada no "Diário Oficial da União", a Medida Provisória que cria o programa terá força de lei e deverá ser analisada, em até 120 dias, pelo Congresso Nacional.


De acordo com o governo federal, os recursos do programa Cartão Reforma estão previstos no Orçamento da União, ou seja, as famílias beneficiadas não precisarão devolver o dinheiro.

 

O governo informou que vai repassar os recursos do programa a estados e a municípios, a quem caberá selecionar as famílias que serão beneficiadas.


Os governos locais, então, deverão determinar áreas específicas das cidades e comprovar que as famílias se enquadram nos requisitos, como a renda mensal.

 

Veja vídeo do Palácio do Planalto apresentando o programa Cartão Reforma:



 

Tudo o que vem de estímulo à construção civil é positivo. Há algum tempo o setor está enfraquecido, no varejo devido ao alto índice de desemprego, temos queda na renda e dificuldades de se obter crédito.

 

As vendas de materiais de construção caíram 8,4% em outubro, na comparação anual, conforme a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Em relação a setembro, houve expansão de 8,6%.

 

"[Com o Cartão Reforma] estamos não só prestigiando aqueles que fazem o material de construção, mas a geração de emprego. Quando milhões de pessoas vão às lojas de construção, pouco a pouco, aqueles que executam [produzem material] vão contratar funcionários", declarou Michel Temer ao lançar o programa.

 

Tudo isso deve movimentar o mercado de materiais de construção. A indústria da construção finalmente dá sinais de que deve começar a se recuperar.


Com esse reforço extra para levar mais famílias para as lojas de materiais de construção, o seu negócio está adequado para receber estes novos clientes?

 

Ter uma loja organizada, com boa exposição dos produtos é fundamental para este momento de acolher novos consumidores. A Prol tem toda a estrutura para ajudar você no seu projeto e apresenta as melhores soluções para o seu negócio.

 

Conheça abaixo alguns de nossos produtos ideais para lojas de materiais de construção:

 

Expositor para pisos.

Permite regulagem de altura para todos os tamanhos de pisos.


Expositor para Pisos Prol
 

Gôndola Passo 40 Linha Luxo.

Alta capacidade de carga, Painel Central Duplo, 32 Opções de Cores, 2 Anos de Garantia, Porta-etiqueta colorido, Garante Facilidade de Reposição e Montagem, Modelo Clássico Prol, Há mais de 15 Anos na Lista de Produtos. Ideal para grandes lojas de material de construção.


Gôndola Passo 40 Linha Luxo Prol - Descrição


Gôndola Passo 40 Linha Luxo
 

Gôndola Prime Linha Class.


Projetada em sistema Passo 25, que permite uma melhor regulagem de altura das bandejas, aumentando a capacidade de exposição em até 22%.


gondola-prime-linha-class-descricao


Gôndola Prime Linha Class Prol
 

Gôndola Rack Prime Passo 40.


Maior capacidade de carga, ideal para grandes volumes e pesos.


gondola-rack-prime-e-passo-40
 

Acessórios para Gôndolas.

Anteparos, Barras, Cestos, Ganchos, Suportes, Painel Perfurado. Projetos Especiais: Desenvolvemos aramados, ganchos e suportes para o seu produto.


acessorios-para-gondolas


acessorios-para-gondolas_parte-2

 

Sistema de Armazenagem.


Contamos também com uma vasta linha de soluções em armazenagem para atender plenamente seu estoque.


Armazenagem_1
 

Solicite um orçamento sem compromisso em http://prolmoveis.com.br/fale-conosco/ e já comece planejar sua loja para vender mais em 2017 com a chegada do Cartão Reforma.

Exposição Organizada Evita Processos de Clientes

Exposição organizada evita processos de clientes.

Não é lenda urbana de supermercadistas, em Minas Gerais um atacarejo foi condenado a pagar indenização de R$ 8 mil após caixa de produto cair sobre consumidora.
Ela foi atingida na cabeça por duas caixas de biscoitos de cerca de 20 quilos, que caíram de uma altura de quatro metros. O acidente aconteceu em 2011.

 

Para evitar problemas, é recomendado evitar empilhamentos altos na área de venda e no estoque. Além disso, nenhuma parte das caixas ou dos produtos pode ficar posicionada para fora da prateleira.

 

Já nas lojas do formato supermercado, a adoção de gôndolas mais baixas contribui para diminuir riscos, assim como treinamento e orientação dos funcionários.

 

Além de pensar suas gôndolas para evitar acidentes, é muito importante que a exposição do produto seja feita de uma forma correta e que chame a atenção do consumidor.

 

DICA 01


Para uma boa organização dos produtos é trabalhar com prateleiras de alturas medianas, assim você evita os acidentes, como falado antes, e que os seus clientes tenham dificuldades para alcançar produtos localizados mais ao alto, principalmente se eles são materiais que podem quebrar ou são um pouco pesados como latas e pacotes.

 

DICA 02


Aqui a dica é sobre a distribuição dos produtos nas gôndolas. É muito importante que eles estejam alinhados e distribuídos com um pequeno espaço de folga entre um e outro, sabemos que isso diminui o numero de produtos na gôndola, mas dessa forma você evita acidentes que podem aumentar o número de perdas de produtos sem condições de comercialização (produtos amassados, por exemplo). Além disso, ao reduzir o número de produtos nas gôndolas, fica mais fácil observar a rotatividade dos mesmos e, dessa forma, selecionar com mais certeza aqueles produtos que merecem locais de destaque dentro do comércio.

 

DICA 03


Quando envolve organização de campanhas de merchandising, é necessário tomar muito cuidado para que a exposição dos produtos em destaque não se torne uma armadilha para o cliente, por exemplo, uma pirâmide de caixas de leite no meio do corredor que dificulta a transição das pessoas e dos carrinhos de compra.

 

Neste vídeo do canal Varejo na TV, temos mais uma super dica de posicionamento dos produtos na gôndula.


Vertical - Horizontal ou em Blocos - qual o melhor?

 

 

Saber organizar o seu espaço e valorizar os seus produtos é um grande passo para melhorar o seu volume de vendas e também a satisfação e facilidade dos seus clientes ao fazer comprar em seu comércio.

 

Siga as dicas e conte sempre com a Prol para as melhores soluções em gôndolas, móveis de aço, exposição e armazenagem para o seu espaço!

Fonte: Supermercado Moderno, Varejo na TV (canal Youtube)

Dicas Lojas de Vizinhança

Dicas para ajustar o posicionamento de lojas de vizinhança.

Quem investe hoje em modelos ainda não consolidados tem mexido e remexido nas lojas para encontrar o ponto exato de posicionamento e fazer a roda girar . Isso tem acontecido com redes que entraram no segmento atacarejo e descobriram que oferecer atendimento e mix amplo eleva o custo e inviabiliza o preço baixo. E com empresas que apostaram em mini-lojas de vizinhança e perceberam que a estratégia não deve ser a mesma para todas as filiais. O GPA, por exemplo, iniciou a renovação de alguns Minis Extra para atender público com renda de R$ 2 mil a R$ 8 mil, com mais serviços e produtos

 

Veja algumas dicas do Marcelo Bazzali, diretor de proximidade do GPA, para lojas de vizinhança.

 

1. Aumento do mix

 

O sortimento das lojas mini Extra reformuladas cresceu nada menos de 25%. “Mas não vamos trabalhar com variedade ilimitada. Em vez de 50 tipos de cervejas especiais, como faz a rede Pão de Açúcar, vamos oferecer 25 a 30, contra 15 opções de cervejas tradicionais”, explica Marcelo Bazzali, diretor do GPA.

 

2. Foco nos perecíveis

 

Ganharam destaque nas lojas o açougue, o hortifrúti e a padaria. Nesta última, foi introduzido o atendimento pessoal. Da área de produção, o funcionário consegue ver se há cliente no balcão para ser servido. Também há degustação de produtos fabricados na seção.

 

3. Otimização do espaço

 

Para incluir novos itens, as lojas ganharam gôndolas, além de expositores refrigerados. Cada espaço vazio foi aproveitado para acomodar os equipamentos. Com 220 m2, uma das unidades da capital paulista teve o acréscimo de 12 a 14 geladeiras/freezers e de 18 módulos de gôndola.

 

4. Posicionamento

 

Para reformular as lojas Mini Extra, foi considerada, além da renda do cliente, a localização da unidade. Foi analisado ainda o perfil da loja: passagem (perto de pontos e terminais de ônibus); de vizinhança (em áreas com moradias); e de atração (quando a loja faz com que o cliente saia de casa para ir até lá).

 

5. Identidade Extra

 

Mesmo mais sofisticadas, as filiais não perderam sua identidade com a marca-mãe Extra. Por isso, as lojas contam com cartazes na cor amarela, semelhantes aos encontrados nos hipermercados da marca. Por enquanto, as lojas trabalham também com outros modelos de cartazes, mas há estudos para unificá-los.


A identificação das seções ficou mais clara. As lojas também ganharam som ambiente para ficar mais aconchegantes.

 
 

Ainda há muitas oportunidades, nichos pouco explorados, serviços que poderiam ser mais bem desenvolvidos, e melhorias no atendimento, entre outras perspectivas, diz Fátima Merlin sócia fundadora da Connect Shopper e consultora de varejo e shopper marketing.

 

Uma última recomendação do Olegário Araújo, diretor da consultoria Inteligência de Varejo:

 

Poder contar com uma loja bem organizada, bem sinalizada e limpa é uma necessidade básica, mas também são fundamentais um atendimento mais personalizado e ágil, um melhoramento dos processos que também possa melhorar as gestões do estoque e das margens, e uma atuação diferenciada com relação às grandes redes, pois há muitas vantagens em ser pequeno e essas vantagens precisam ser exploradas.

 

Veja nosso CATÁLOGO PROL com tudo que você precisa para dar agilidade, beleza, fluxo e melhor exposição para o seu mercado de vizinhança competir forte e desbancar os concorrentes.

 

Fonte: Newtrade e Supermercado Moderno.