Sucata de aço tipo Exportação

Sucata de aço nacional tipo exportação.

A sucata de aço é originada da sucata interna ou de retorno, gerada da usina siderúrgica, durante o processo de fabricação de variados tipos de aço. E a exportação desse tipo de material disparou 49% este ano, correspondente ao mesmo período do ano passado. Existe também a sucata doméstica advinda de amortecedores e latas de spray, botijões, cilindros e extintores, transformadores e capacitores e outros.

 

Por causa da retração da economia e do setor industrial, desde julho as siderúrgicas não estão comprando sucata para produção de aço, levando as empresas de sucata a exportar. Essa redução na procura por sucata no mercado interno acontece por causa da diminuição da produtividade no ramo da indústria automotiva e da construção civil.

 

A coleta, transporte, seleção, preparação e comercialização de materiais metálicos recicláveis dão destinação ambiental correta para esses materiais, prolongando a vida útil dos aterros sanitários e das reservas minerais, proporcionando redução no consumo de energia elétrica e de recursos hídricos. Reduz ainda a poluição do ar, eliminando os impactos decorrentes da atividade de mineração.

 

A expectativa é que a crise o comércio de sucata ferrosa permaneça, mas permanece também o interesse em utilizar o ferro e, consequentemente, o aço, de forma consciente, com o mínimo de agressão e o máximo de respeito pelo social.

 

Fonte: Exame